Total de visualizações de página

Translate

Google+ Followers

SUPERMERCADO

A pessoa sai do trabalho, cansada, e percebe que precisa cumprir com seu compromisso mensal no lugar mais agradável da Terra. SQN! Troca de roupa neste clima agradável que tem feito nos últimos dias e parte rumo à felicidade de fazer compras. Sai com sua listinha mental ou no papel, acreditando que é o maior economista do século XXI e lembrando-se das dicas do carinha do fantástico que manda pegar tudo do mais barato.
Chegando no supermercado, tenta achar um carrinho que preste e, é óbvio, que isso não existe. Vai aquele capenga que fica travando a roda mesmo! De preferência aquele que puxa para o lado que é pra você se divertir tentando evitar que ele quebre diversos frascos das gôndolas por acidente.
Sobe a esteira rolante, caso haja, e fica tentando prender a porra do carrinho pra ele não ficar descendo enquanto você confere se pegou carteira, celular, caneta, a listinha que ficou no carro e qualquer coisa inútil que alguém tenha recomendado você a levar na próxima vez que fosse ao mercado. Nessa hora você adentra ao mercado, literalmente, e começa a verdadeira alegria.
Um cartaz de 50x50 já manda a boa notícia: SUPER OFERTA! LEITE A R$ 3,00! No impedimento de xingar a mãe do camarada, que escreveu que leite à R$ 3,00 é oferta, pessoalmente, você se contenta a dizer o nome do ser superior no qual acredita e seguir em frente rumo às próximas “boas notícias”. Daí a pessoa chega na primeira prateleira e começa a xingar mentalmente o pai e a mãe por não ter deixado ele a virar jogador de futebol ou modelo. Nessa hora você lembra que é feio e joga a mal e volta à realidade e curte a epifania de descobrir que é pobre.
Daí o ser percorre todo o supermercado ainda com a dica do “gente boa” do fantástico dizendo que você tem que pegar tudo do mais barato e percebe que tudo do mais barato é uma merda. E está caro do mesmo jeito! Quase surtando, você começa a encher seu carrinho na esperança de que a matemática seja uma ciência inexata ou que você tenha reprovado feio no ensino fundamental por não saber somar. Com 5 itens você começa a pensar em fazer um empréstimo consignado. Com 10 você começa a querer vender seu carro, se é que tem. Com 15 itens você entra no Google tentando achar o valor de um rim no mercado negro. Quando chega ao final da lista, você já está conformado de que o resto do mês vai ter que ficar em casa jogando paciência a luz de velas e sem tomar banho pra economizar na água.
Tudo isso sem contar que aquele aluno de direito que não sabe o que fazer de tema de monografia pra conclusão de curso, basta ir ao supermercado que vai encontrar vários temas na área do CDC! Esquece etiqueta afixada no produto! Esquece aquela a etiqueta de preço da prateleira. Ela sempre vai estar uns dez passos longe do produto que você está pegando, que já é caro, mas você não se dá conta de que é o valor do outro e que o que você está levando é mais caro ainda!
Daí você cai na asneira de querer comprar carne e descobre que no Brasil tem dinossauro, porque picanha de 1kg e 600g só pode ser de brontossauro! Mas é óbvio que você não leva picanha porque você descobriu na pesquisa do Google que vender órgãos é crime e que você tem histórico de doença renal na família e vai precisar dele. Daí a pessoa se contenta com aquele acém a preço de filé mignon com mais gordura do que aquela sua tia que só come fast food. Mas tudo bem, melhor morrer do coração do que de fome.
Por fim você se dirige para a melhor parte. Já às lágrimas, soluçando de tanto chorar, você chega à região dos caixas e descobre que dos 20 previstos, tem 5 abertos. Lógico que todos os caixas foram jantar no horário de pico! Alooouu, isso aqui ainda é Brasil, esqueceu?
Daí você entra na fila do caixa que está com a menor fila, ou seja, tem só uns 5 ou 6 carrinhos lotados na sua frente e num deles tem aquele cidadão que resolveu levar toda a família para dar um passeio. O cara não sabe se coloca as coisas na esteira do caixa ou se da bronca no menino que está brincando com os brinquedinhos das balinhas que ficam perto do caixa, que são uma bosta, mas que custam R$ 20,00 e é lógico que o menino quer porque quando aperta o botão aparece uma luzinha que projeta um desenho bizarro na parede. Depois de uns 20 minutos de guerra psicológica entre os dois, o pai compra o bendito brinquedo, acaba o choro, e no restante do mês o pai vai ter que andar a pé para o trabalho pra economizar no combustível ou na condução. Detalhe, o trabalho fica na cidade vizinha.
Depois de muitos posts no facebook, depois de consultar todo seu blog, depois de ligar pra pai, mãe, tia, primos, namorado (a), fazer as contas na calculadora e descobrir que você tirou dez em matemática no ensino fundamental e chorar por isso, chega sua vez. Lógico que o caixa vai te entregar aquele saquinho fino pra cacete que vai rasgar e você vai ficar na merda tentando evitar que caia suas compras e quebre tudo. É claro também que o valor desse saquinho estará embutido no valor do produto e vai ter aquele ativista verde dizendo que você deveria levar sacolas retornáveis para o mercado. Lógico que esse ativista não vai cobrar que o supermercado dê um desconto pelas sacolas que você economizou levando a sua, porque ele é financiado pelas grandes redes de supermercado.

Enfim, depois de toda esta diversão, você descobre que vive no melhor país do mundo porque vai ter olimpíadas. É isso aí... Deus é brasileiro.

Comentários

  1. Acabei rindo com a criatividade do texto, apesar de ser um conteúdo triste. Mas é o país em que vivemos, né?! :(

    Blog Jovens Mães

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente é a realidade que a gente vive... o jeito é tentar levar no bom humor...

      Excluir
  2. Seria cômico se não fosse trágico; enquanto houver o circo pra alienar o povo esse país estará fadado ao fracasso. Excelente crônica
    Beth Lucchesi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Circo para alienar e ignorância para não se entender o que se paga... conformismo para sempre achar que está tudo bem e preguiça para agir de forma a mudar.... o brasileiro é um somatório de virtudes humanas!! SQN!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas